sexta-feira, setembro 22, 2006

Ser barroco ou optar pela clarté?

Breves descrições das fórmulas de legibilidade mais comumente usadas :A Fórmula Flesch de Facilidade de LeituraCerca de 900 AD, os estudiosos do Talmude registraram contagens da quantidade de palavras-ocorrências em seus pergaminhos. Entretanto, é outorgado a Rudolf Flesch o crédito pelas fórmulas modernas de legibilidade validadas mais comumente usadas. 2. A fórmula Flesch de Facilidade de Leitura foi publicada em 1943 em sua tese de doutorado intitulada Marcas da Escrita Legível. Mais tarde, ele reviu a fórmula a fim de levar em consideração a alta legibilidade da escrita conversacional direta. A fórmula vem desde então sendo usada em vários campos e muitos estudos têm confirmado a sua validade.* O resultado da fórmula Flesch para aferição da facilidade de leitura é um número que vai de 0 a 100. Uma pontuação alta indica maior facilidade. 3. A fórmula de Flesch para legibilidade converte o Grau de Facilidade de Leitura em uma série escolar (ver quadro adiante). No Estado de Indiana, p. ex., a lei exige efetivamente que as apólices de seguro correspondam a índices de legibilidade inteligível em nível de formação universitária: aquele Estado exige um coeficiente Flesch mínimo de 40 para apólices de seguro. A lei (de 1981) contém instruções específicas para o cálculo de tal legibilidade ()Os 2 primeiros parágrafos da Declaração da Independência dos EUA acusam o score 13,7. Índice Flesch de Dificuldade de Leitura: Nível de dificuldade0-29 Muito difícil – Pós-graduação 30-49 Difícil - Universitário50-59 Razoavelmente difícil - High school 60-69 Standard – 8ª. a 9ª. séries 70-79 Razoavelmente fácil – 7ª. série 80-89 Fácil – 5ª. a 6ª. séries 90-100 Facílimo – 4ª. à 5ª. séries
Entre a população dos EUA, a média individual de freqüência escolar é de 11,6 anos. Pesquisas demonstram que a maioria dos americanos de idade adulta costuma ler textos que correspondem a gamas de 3 a 5 graus de escolaridade ABAIXO da sua média individual de freqüência escolar, isto é, com índices Flesch de legibilidade entre 6,6 a 8,6, ou textos de “fairly easy” até “standard”.
O índice Flesch-Kincaid, coeficiente de Nível de Grau, determina o grau de escolaridade para o qual um documento foi escrito ou se destina em princípio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário